PAI, SEU FILHO PRECISA DE VOCÊ!

Muito se fala sobre o papel das mães na criação dos filhos, mas e os pais? Qual o papel dos pais na formação de uma criança? Por que é tão importante que os pais (re)assumam seu papel designado por Deus na criação dos seus filhos?

Antes de mais nada, deixo claro: meu texto não ignora o fato de que há milhões de mães solteiras que se esforçam, sofrem e se doam em favor dos seus filhos por não poder contar, infelizmente, com o pai na criação dos filhos. Apesar desse louvável e necessário esforço por parte das mães para suprir o papel do pai, preciso dizer algo: a ausência do pai, inevitavelmente, impactará a vida da criança.


Há algo muito estranho acontecendo na criação dos nossos filhos. A pesquisa e decisão pela escola que o filho irá estudar, o envolvimento no ensino cotidiano, e tudo que envolve educação dos filhos têm ficado exclusivamente a cargo das mães em muitas famílias.


Alguns pais se dão por satisfeitos por bancarem uma boa escola dos filhos ou ainda por suprir os caprichos materiais que seus filhos exigem. Todavia, não se envolvem em qualquer tipo de atividade educativa de seus filhos, nem sequer no ensino bíblico em sua casa. Pior: não sabem nem quais rumos a formação espiritual, moral e intelectual do seu filho está tomando.


Em Efésios 6, a Bíblia instrui os pais a não provocar a ira dos filhos, mas criá-los na disciplina e admoestação do Senhor. A palavra “pais” (pater) aqui significa literalmente papais. Paulo está chamando os pais (homens) à responsabilidade. Na condição de líderes do lar, os homens são chamados a liderar suas casas não apenas em algumas áreas, mas também na educação dos seus filhos.


Isso não quer dizer que as mães não precisam ensinar seus filhos. Apenas que o primeiro responsável por isso são os pais. Isso não significa que os pais precisam estar presentes em cada ato educativo ou em todo momento da vida do seu filho. Mas sim que os pais precisam estar, junto com às mães, dirigindo o processo formativo dos seus filhos, mesmo quando estiver longe.


Pai, responsabilize-se pela formação dos seus filhos!

Pai, participe intencionalmente da escolha do local onde seus filhos estudarão!

Pai, seja leitor e estudante constante para que tenha o que ensinar aos seus filhos!

Pai, pergunte à sua esposa informações sobre os hábitos e rotina dos seus filhos!

Pai, seja o primeiro mestre dos seus filhos!


Texto escrito pelo Pr. Matheus Macedo






51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo